Guerra escrita com Sangue: As trevas crescem conforme as noites passam. Irá você sobreviver neste mundo moldado por trevas e sangue?
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Primeira Temporada - A Sociedade da Luz

Ir em baixo 
AutorMensagem
Storyteller
Admin
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 09/07/2018

MensagemAssunto: Primeira Temporada - A Sociedade da Luz   Seg Jul 30, 2018 11:29 pm

A SOCIEDADE DA LUZ


MÚSICA DE ABERTURA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masqueradeonline.forumeiros.com
Storyteller
Admin
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 09/07/2018

MensagemAssunto: Re: Primeira Temporada - A Sociedade da Luz   Seg Jul 30, 2018 11:43 pm

EPISÓDIO 1
SOMBRAS DO RIO NEGRO


Mais uma noite caiu nas terras frias da Inglaterra. Black River despertou com novos amaldiçoados que caminham entre os vivos, se alimentando de suas entranhas e roubando seus sonhos e esperanças. Jacob Smith, um Toreador que rouba seus maiores desejos com um sorriso diabólico facilmente confundível com uma divindade celestial, estava de volta após regressar de um importante evento de entretenimento mundial, o Tomorrowland. Este não é um evento que o lascivo membro da casa da Rosa tem o costume de perder.

Não só o amaldiçoado e degenerado Jacob punha seus pés retornando à cidade mas também o selvagem e psicótico Gangrel Joseph Anton, um ex bispo perverso e manipulador que em sua mente perturbada acredita perigosamente que tem caminho direto ao Criador. Aliado à eles e que surpreendentemente o destino fez cruzar novamente seus caminhos o recém nomeado caporegime da Família Giovanni, Virgílio, adentra nessa sociedade dos mortos para negociar com os mais sombrios deles, os anciões, em nome de sua Família para o que poderia ser uma relação de negócios de poder em um bem comum, proteger-se do antigo Matusalém Ur-Shulgi. Enquanto Jacob roubava a atenção de seus idólatras mortais, Joseph procurava por seu antigo companheiro que ele mais conhecia como "O Pecador" para poder ajudá-lo nesta cidade sombria e sinistra que era Black River e fazer sua apresentação. Ao mesmo tempo, Virgílio interrogava um pequeno e intrometido bisbilhoteiro chinês que andava rondando um restaurante pequeno que estava sob proteção da Família Giovanni, o Capo Macarrone. Sem muita paciência e acreditando que o torturado chinês fosse de fato apenas um bisbilhoteiro ocasional, acabou por matá-lo impiedosamente com uma faca na garganta sem perceber que de pouco em pouco o Giovanni perdia um pouco mais de si mesmo e de sua humanidade para o monstro irracional que existia em cada um dos Amaldiçoados.

Após Jacob dar um show e Virgílio levar seus dois servos e amigos Damio e Dario para um passeio a notar que possuem concorrentes nos negócios a família Volturi e um divertido jantar com uma pequena confusão para acompanhar, os três vampiros se encontravam novamente após anos terem se conhecido e trabalhado juntos. Os três fizeram juntos a sua apresentação ao Príncipe. Enquanto Jacob divertidamente negava-se a avisar seus antigos companheiros de causos da não-vida sobre o olhar entorpecente e insano do Príncipe Malkavian Nicolai Barthes e como de praxe não o encarava em seus olhos, Virgilio sem entender sentia o peso mental que era olhar para Barthes e então mantinha seu olhar desviado mas tal sensação não fora despercebida pelos dois colegas, porém, estranhamente Joseph e o Príncipe Barthes pareceram se entender de uma forma que o próprio Jacob não esperava. Joseph não apenas conseguia encarar Barthes penetrando fundamente em seus olhos como também o Príncipe o reconheceu especial de alguma forma e juntos acordaram que Joseph deveria seguir com sua missão para com as Margens do Rio Negro e suas sombras, uma missão que o Criador dera exclusivamente para ele, e aparentemente, para o Príncipe Barthes também. Barthes mostrou sua afeição pelo Gangrel quando publicamente o abraçou como um amigo.

A apresentação findou com Virgilio entregando ao Príncipe uma carta do anziani Don Carmine que continha o selo de outros anziani, inclusive do próprio Augustus Giovanni. Barthes então disse à Virgílio que uma reunião seria convocada com a Primigênie para debater este assunto ainda naquela noite e que ele deveria estar presente assim que fosse convocado. Até lá ele estaria livre para perambular pelos domínios por enquanto e os três foram aceitos juntos. Ao sair da sala do Príncipe, os três imortais decidem reunir-se na Lux para terem uma prosa, se atualizarem e debaterem outros assuntos que lhes conviria. Jacob leva os dois aliados até a Lux e em sua cobertura começam a debater sobre o ar tão sombrio e funesto da cidade que parecia estar afetando até mesmo ao rebanho. Jacob, como um antigo morador de Black River contava um pouco da história da cidade e dos problemas que a mesma enfrentara com o Sabá logo após a Segunda Guerra Mundial. Tanto Virgílio quanto Joseph percebiam agora que era uma questão de tempo antes do fanatismo da Mão Negra atacar novamente e talvez de uma forma brutal. Jacob também aproveitava para contar da recente aquisição da Camarilla, o clã Assamita, e que o mesmo se juntara à Torre de Marfim a pedido de proteção e serviço como Membros oficiais do Circulo Interno tudo graças ao despertar de Ur Shulgi. Joseph aproveita e revela aos companheiros o motivo do clã Gangrel ter se retirado oficialmente da Camarilla, um motivo que até então era desconhecido por todas as massas. Joseph revelava sobre o Olho de Hazimel, um artefato místico que dera um Membro um poder inimaginável e monstruoso mas que fez este mesmo membro perder completamente a sanidade e dizimar vários Membros do clã Gangrel. Uma Neófita Gangrel conhecida como Ramona, junto com o Justiçar Xaviar e a ex primogênita Toreador de Atlanta, Victoria Ash foram testemunha do assombroso ocorrido e tentaram alertar à Camarilla mas a mesma deu as costas e o Justiçar retribuiu o favor. Ele também revela que alguns consideram que a aparição do Olho de Hazimel seja o prenuncio do despertar de mais um Matusalém ensandecido: o próprio Ravnos Hazimel. Dentro desta conversa Joseph notava que algo de estranho e sombrio estava ligando a estes fatos, Ur Shulgi despertara, a suspeita de que Hazimel estava para despertar também era assombrosa e real, e agora um novo ar funesto que assombrava o rebanho como os Membros assombravam os animais pairava no ar e a Mão Negra emitia ataques desesperados e fanáticos com mais força já vista antes, ele sentia que tudo isso estava conectado de alguma forma.


Última edição por Storyteller em Dom Set 23, 2018 12:55 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masqueradeonline.forumeiros.com
Storyteller
Admin
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 09/07/2018

MensagemAssunto: Re: Primeira Temporada - A Sociedade da Luz   Seg Ago 20, 2018 10:06 am

EPISÓDIO 2
OS 7 PILARES DA CONFIANÇA


A Noite continuava com os assuntos obscuros dos seres das trevas. Em um momento rápido de lucidez e fé, o Gangrel Joseph Anton sente a grande necessidade de ter sua comunhão com Deus Todo Poderoso e se despede para separar-se do grupo. O festivo Toreador Jacob Smith, sabendo que era hora de se fazer presente para todos os Membros do Elísio e exibir suas aventuras pelo mundo da música, convida Virgílio Giovanni para o acompanhar nesta aventura noturna nos salões deste Elísio e o necromante mafioso decide acompanhá-lo considerando que de toda forma precisaria estar no Elísio para a convocação da reunião da primigenie.

Bem antes disso, no inicio da noite, a futura primogênita Assamita Kassya Yakovich desperta após uma longa e produtiva noite de estudos ocultos. Ela logo recebe a ligação da primogênita Toreador Persephone que a alerta resumidamente dos frutos da reunião da última noite que durou desde o anoitecer até próximo do amanhecer. Alguns primogênitos não esboçaram tanta reação quanto o primogênito Tremere Andreas Di Pazzi, que, segundo Persephone, está assustado com os Assamitas assumindo um cadeira no Círculo Interno. Persephone aconselha Kassya a chamar Seu senhor, Joseph Sayar para melhor auxiliá-la contra um Magus experiente e influente como Andreas e a capela Tremere. Kassya termina a conversa com Persephone e recebe uma ligação da Malkavian Therese Voerman que a convida para seus domínios a fim de discutirem o resultado da busca pelo medalhão assombrado no Forest House Hotel, em seguida recebe a ligação do Brujah Caleb Scofield que diz a ela que precisa conversar com ela pessoalmente sobre o assunto e combinam de se encontrar no clube Asylum, os domínios das Malkavian Therese e Jeannette .

Antes de ligar para Kassya, Caleb despertara em seu refúgio logo com um bilhete deixado em sua alta janela, mto provavelmente deixado pelo carnical Águia da Lasombra Úrsula Du Blanc, uma aliada de relação complicada que é também um membro do Sabá.

Úrsula e Caleb se encontram no White Angel Park e a Lasombra alerta que um traidor dentre a Camarilla, a Toreador Ludimila Demidova entregou refúgios e a localização do Elísio para os Membros do Sabá, e estes estão agora usando um grupo de Anarquistas que se intitula Os Garotos Perdidos para atacar de forma direta e destrutiva toda a cidade e a estrutura da Camarilla. Caleb já tinha ouvido falar dos Garotos Perdidos em sua época de Anarquista, o Toreador Seth Powers eram quem liderava e incentivava o caos e a destruição anarquista em todos os domínios deixando membros e influências destruídas e a máscara altamente fragilizada, e depois debandavam para a próxima cidade como antigos Bárbaros.

Ursula surpreende Caleb com uma real preocupação que ela estaria tendo para com o bem estar e o aconselha a mudar-se de seu refúgio para um local mais seguro junto com seus aliados de confiança, embora o ideal fosse fugir da cidade. Eles se despedem com Ursulla não resistindo evitar seus jogos com o Brujah e quando ele é deixado sozinho para utilizar desta informações como melhor lhe conviesse, ele decide já alertar sua aliada Assamita Kassya marcando de se encontrar com ela no clube Asylum localizado na Zona Norte da Cidade.

Antes de sair, Kassya chamava Camille para demonstrar sua intenção de recompensá-la, um gesto de apelo sexual e sugestivo que sua outra carniçal, Jennifer, acabou vendo e ficara claramente aborrecida. Kassya tentava contornar a situação com Jennifer da mesma forma e embora ela conhecesse sua serva e soubesse que todos seus esforços não eram em vão, era o que Jennifer queria que sua senhora pensasse e manteve-se firme em sua postura dura e fria até o final. Kassya então sai para cumprir seus afazeres e chega ao Asylum onde logo que encontra Therese é agredida em acusações de que a Assamita teria sabotado algum museu de eventos da Malkavian. Segundo Therese, fora Jeanette quem havia "dedurado" Kassya dessa sabotagem. Therese não parecia estar pensando direito, com olhos avermelhados em fúria e à beira do Frenesi pela suposta traição de Kassya. Inicialmente Kassya tenta contornar a situação devolvendo as palavras agressivas mas Therese estava furiosa demais para atender à racionalidade e seu tom de voz agressivo impedia que Kassya completava suas palavras, Therese tenta expulsar Kassya de seus domínios cortando qualquer relação com a Assamita mas a mesma torna a tentar retrucar as palavras o que explode a Besta da Malkavian que atacava a Assamita e a feria com uma mordida nas costas.

A essa altura, Caleb aguardava Kassya do lado de fora do Asylum e escuta o grito e os sons de luta vindo do escritório acima do clube e identifica o grito como o de Kassya. Ele parte em auxilio da Assamita e logo pedia para que o Barman, que era o unico funcionario do local à vista, abrisse passagem para ele pois uma briga feia poderia estar acontecendo e sua amiga poderia estar em perigo. O Barman já prevendo o pior pegava sua escopeta embaixo do bar e subia com Caleb pelo elevador. No mesmo momento, Kassya fugia para o corredor do elevador, Therese furiosa, arrombava a porta do seu escritório que fora trancada dentro e avança novamente em cima de Kassya que desvia com um rolamento para trás dela, foi quando elevador chegara e abrira de frente a uma vampira em frenesi e no assombro e no pavor de ver sua chefe transformada em monstro, o Barman acaba atirando à queima roupa na cabeça de Therese levando a vampira perder metade de sua cabeça e a entrar em torpor. O Barman que atirara em Therese estava pirando pois vira a face de um monstro que era sua chefe e a matou com um tiro de espingarda na cabeça espalhando carne, sangue e ossos por todo o corredor. Kassya e Caleb também estavam apreensivos, ambos quase tem um desentendimento mas ao final Caleb convencera a Assamita de que ele poderia cuidar disso para ela. Kassya recebe então uma ligação da secretária do príncipe informado que ela era convocada para uma reunião da Primigênie, o momento que a Assamita sabia que viria cedo ou tarde. Kassya deixa que Caleb cuide da bagunça como ele havia prometido e ela liga para Jennifer ordenando que ela trouxesse roupas novas e adequadas para uma reunião social.

Paralelo a isso, Virgilio e Jacob chegam ao Elísio onde encontram as Hárpias Eleonor Ferrari e Kyrie Altmeyer ao qual Jacob aproveita para exibir os frutos de sua viagem e ficar sabendo mais do que houve na corte durante sua ausência. Inicialmente o assunto era para com a curiosidade do novo Membro, um Giovanni. Virgílio impressiona com bons modos e charme clássico italiano, ao menos Eleonor, e contava um pouco de seus objetivos na cidade como um caçador de oportunidades e empreendimentos. Kylie então questiona também ao Giovanni sobre os assuntos ocultos e assombrosos que rondam sua família ao qual o Giovanni se dá um pouco evasivo e o assunto logo retorna para Jacob que então contava para as Hárpias como fora sua viagem e promete convidar Eleonor para o Tomorrowland no próximo ano, mas todo aquele papo deixava o Giovanni altamente entediado e foi salvo pelo gongo quando a secretária do Príncipe, a excêntrica Kolkovia informava a ele que a presença dele no Elísio era solicitada para a reunião da Primigênie e felizmente o Giovanni já se encontrava no Elísio. Ele se despede das Hárpias e de Jacob e parte para a sala do Príncipe onde ele acreditava ser o local da reunião, mas logo conhece a Zeladora Tremere Helena Van Gard que o guia até a sala correta. Ele estava adiantado e ficaria na sala da reunião da primigênie a aguardar. Virgilio aguardava a primigênie e o Príncipe e aos poucos foi conhecendo cada um dos primogênitos que chegava um após o outro, dentre todos, o que mais ganhou a simpatia fora do primogênitos Tremere Andreas Di Pazzi, com sua forma bem ponderada de debater junto aos primogênitos assuntos delicados, e o principal deles era sobre a confiança que os Membros da primigênie devem ter uns nos outros, algo que poderia comprometer sua relação com cada um deles. Ao final, com seus modos polidos e suas palavras bem colocadas, Virgilio conseguiu conquistar a simpatia dos anciões à medida que eles chegavam. Jacob que estava com hárpias terminava de contar seus relatos sobre o evento da qual participava e convidava as duas harpias para irem até o seu clube, a Lux a qual elas prontamente aceitaram. O assunto então tornou aos eventos da corte, Jacob era atualizado sobre o que ocorrera, ficou a saber da caçada de sangue anarquista e que a amiga em comum do clã Toreador em Black River, a Assamita Kassya estava iniciando sua carreira como mercenária e teve seu primeiro cliente embora ela não quis revelar quem, o que Kyrie ressaltou como uma qualidade de um bom profissional manter a privacidade de seus clientes.

Jacob então recebe a ligação de Daniel Mccarthy, um neófito do clã Toreador que Jacob havia conhecido a poucos meses atrás. Daniel era mais novo que Jacob e graças ao Membro mais carismático do clã Toreador, Daniel sentiu-se mais a vontade em Black River para fugir de sua obcecada Senhora. Jacob fora o mais próximo de um mentor que Daniel teve e por isso ele estava desesperado para que Jacob o ajudasse com seu primeiro carniçal, Paul. Segundo Daniel, Paul estava doente e Daniel dera sua vitae para que ele se curasse da doença, porém Paul havia sumido a dias e não conseguia mais achar seu carniçal, Daniel temia ter cometido algum erro e comprometido alguma das tradições com isso e Jacob se despediu das hárpias indo prestar socorro a Daniel. O jovem Toreador dera à Jacob o endereço de Paul para que ele o ajudasse a encontrar pistas na casa dele, foram para os apartamentos Skyline no centro da cidade e lá tiveram que pedir para que o porteiro Robert abrisse a casa para eles pois Paul não dava sinal de vida a dias.

Os dois Toreador e o mortal conseguiram entrar no apartamento encontraram o cadáver de Paul de poucos dias, sem sinais de luta, apenas com um ferimento na cabeça devido à queda no chão na morte. Daniel então verifica a secretária eletrônica de Paul, duas das mensagens eram de Daniel, mas a terceira era de uma vizinha do andar acima chamada Hannah, pela mensagem parecia que estavam saindo juntos e talvez ela tenha passado alguma doença para Paul. Jacob pede a Daniel que ficasse distraindo o porteiro enquanto ele iria subir até o apartamento da vizinha e ver se descobria mais. Jacob então bateu na porta e Hannah, que estava visivelmente debilitada e doente, atendeu assustada pois ela esperava que fosse Paul quem batesse em sua porta, Jacob então se passa por um amigo de Paul que não estava bem mas pediu para que viesse vê-la e ajudá-la se precisasse. Hannah convida Jacob para entrar e ela explicava à ele que ela provavelmente teria pego essa doença de uma amiga nova que ela conhecera, uma mulher chamada Jezebel Locke, porém antes que Hannah pudesse falar muito mais sua doença se agrava e ela tem uma poderosa crise de vômito de sangue, tão violenta que finda com a vida da jovem moça. Jacob, chocado com a força dessa reação e a nojeira que o apartamento se encontrava, decide ir embora, mas antes ele averiguava o apartamento de Hannah para ver se encontrava mais alguma coisa útil sobre essa mulher chamada Jezebel Locke. Jacob achava o cofre de Hannah em seu quarto, ele quebra o cadeado com uma força sobrenatural e encontrava o diário da garota. Pela leitura Jacob acredita que Hannah era uma garota de programa e pelas descrições que ela dava no diário sobre Jezebel, ela poderia muito bem ser uma vampira apelando para os encantos da Presença em Hannah. E então Jacob recebe uma ligação do Brujah Caleb.

Caleb havia levado o Barman consigo, prometendo ao Barman que conseguiria fazer com que ninguem entrasse em uma enrascada com isso. Ele e o Barman seguem no carro para fora do clube, Caleb tenta pedir ao seu servo William Kent para ver se conseguia subornar algum delegado ou capitão da policia para limpar o Asylum sem fazer perguntas. William não garantia mas ia tentar e assim, logo depois, Caleb lembrava que Jacob estava de volta à cidade e então liga para ele a fim de pedir ajuda.

O Brujah e o Toreador falam ao telefone e ambos pedem ajuda um do outro com as questões que ambos tem pendente. Cada um explicava seu quadro ao outro e decidiram que iriam cuidar do problema de Caleb primeiro já que também envolvia em ajudar Kassya. Jacob passa o endereço dos apartamentos Skyline e manda Caleb encontrar-se com ele e Daniel. Quando Jacob voltava para o apartamento do falecido Paul ele contava de forma confidente à Daniel que havia descobrido algo no apartamento de cima, ambos então veem que a ambulância e a policia estavam chegando no local da morte de Paul e assim decidem que era a deixa de irem embora. Ambos descem bem quando os paramédicos logo subiam e Jacob contava a Daniel sobre o diário e sua hipótese de que Jezebel Locke poderia ser um Membro abusando do uso dos dons sobrenaturais para influenciar as emoções de Hannah sobre ela. Caleb que estava a caminho e precisou agredir o impaciente Barman, que já estava a fazer suas próprias ligações, quebrando seu maxilar e o amarrando com uma silver tape comprada numa loja de conveniências que convenientemente estava por perto, logo achou Jacob e Daniel combinaram que primeiro iriam resolver o problema de Caleb e Kassya e que depois se reuniriam com Daniel para ver o assunto de Jezebel. Jacob então ofereceu-se para ajudar Daniel sempre que ele precisasse.

Kassya então encontrara Jennifer na rua da Torre Malakia que entregou-lhe a roupa que havia pedido. Kassya então tentou conversar um pouco com Jennifer expressando um pouco de seus pensamentos antes de entrar e durante a subida ela precisou tentar centrar-se o máximo que podia. Quando chegara ao Elísio o sentimento da Assamita era que todos estariam a avaliando minuciosamente aquela e talvez ela estivesse certa. Kassya então é abordada por Kolkovia que entregava a ela a chave do clã Assamita que dava acesso à sala de reunião da primigênie. Kassya era a ultima a chegar na reunião e assim conhece Virgilio Giovanni. Em sua primeira reunião da primigenie, ela, assim como os demais primogênitos recebem em suas mãos a carta apresentada por Virgilio em italiano de que o clã Giovanni entrava em um acordo de paz com a Camarilla embora ainda mantivesse sua independência da seita. Kassya não entendia o Italiano porém viu que o selo do clã Assamita estava junto aos outros selos dos clãs da Camarilla e para ela isso bastou. Virgilio então se apresentava e deixava clara suas intenções de boas negociações entre a Camarilla e o clã Giovanni, a primogênita Malkavian que se mostrava interessada em demasia em Virgilio deixava sua isso claro em toda a reunião, depois de todos concordarem com a boa relação que o Conselho de Black River e o clã Giovanni terão. Chegando ao próximo tópico, tinham a entrada do clã Assamita no conselho e Kassya era a voz do clã na cidade de Black River, como dito por todos, um ritual informal que o conselho tinha para considerar um certo respeito era de se pagar um tributo para a Corte, algum benefício para a Camarilla na cidade e visto que Virgilio seria convidado de honra nas reuniões da primigênie, seria solicitado à ele que participasse. Persephone logo persuade o Conselho de que era conveniente e prático se os dois novos Membros do Conselho devessem pagar o tributo em conjunto. Andreas, o primogênito Tremere então sugere que Kassya e Virgilio averiguem um armazém com atividades suspeitas que poderia ser pertencente à Mão Negra, e se for o caso eles devem neutralizar a ameaça. Calebros, a primigênie Nosferatu confirma a existência de tal Armazém e ao final, todos os Membros da primigênie concordam que esse seria o tributo pago do clã Assamita e da Embaixada Giovanni como prova de serem Membros iguais e tão capazes quanto os Membros do Conselho de beneficiar a Corte e os interesses da Camarilla em Black River. Ambos aceitam, porém Kassya expressa sua insegurança e seu sentimento de injustiça quanto às capacidades dela como neófita em face dos demais como anciões de seguirem provações em igual dificuldade. Andreas então diz à Assamita que se ela não era capaz então não deveria estar na cadeira. Kassya enfurece-se com a provocação toma Andreas por covarde na frente de todo o Conselho, mais farpas são trocadas com Andreas acusando Kassya de ter Sangue Ruím e de que ela não era merecedora de estar na mesa, era apenas a escolha menos ruim, uma opção desesperada. O príncipe interrompe a discussão acalorada evocando ordem, e Kassya logo pede desculpas à Andreas diante do conselho pela atitude rude reconhecendo que se quisesse ser tratada como igual devia provar ser uma igual, ao qual Andreas apenas acata mas não se desculpa em retorno. Depois de todos concordarem com o Tributo a ser pago, o próximo tópico viera, Leon Balthazar, o primogênito Ventrue confirma que a demora do Xerife Mustang em retornar a cidade é devido à Morte-Final do mesmo em um ataque Sabá no Quebec. A primogênita Malkavian então profetiza que Três se aproximam, Três Mortes, Três Sangues, viriam seguindo o Rastro do Rio Negro, e eles encontrariam a todos e o fogo surgiria. Um clima de tensão se instaurou diante da profecia da primigênie Malkavian, e logo abordaram que precisavam urgentemente de um novo Xerife. Andreas sugere um Ancilla Tremere de confiança e experiência como Xerife e um Toreador como Algoz, ambos trabalham juntos em outra corte com essas funções e poderiam ser ambos bom candidatos, e então entre sugestões e ideias, Persephone sugeriu Joseph Sayar, o Senhor de Kassya para o cargo, ao qual Kassya observou pelo jeito de Andreas que talvez isso fosse de alguma forma um perigo, atrair Joseph talvez fosse dar ao Tremere alguma carta na manga e então Kassya começava a criar teorias em sua mente de que vantagem Andreas poderia planejar com Joseph na cidade. O príncipe então avaliaria os candidatos e levaria sua decisão ao conselho tão logo ele a tivesse. A reunião então finda com o Príncipe declarando que Andreas deveria passar para Kassya e Virgilio o passo inicial para o Tributo do armazem. Kassya tenta falar com Andreas de forma pacifica, mas o primogênito Tremere recusa-se a ter qualquer conversa com primogênita neófita Assamita apenas declarando que ele fará a parte dele quando chegar a hora. Estava claro para Kassya que a partir de agora ela teria de se preocupar com o primogênito Tremere ao qual tinha trocado farpas no Conselho.

Durante toda a reunião da primigênie, Caleb e Jacob voltavam para o Asylum e Caleb mostrava ao Toreador a bagunça. William então ligava de volta para seu Senhor e dizia à ele que conseguira um delegado corrupto mas que uma bagunça daquela abundância ele poderia querer sim fazer muitas perguntas, ele sugere então que seu Caleb use seus dons para influenciar esse delegado a cooperar mas o Brujah acha arriscado e decide cuidar da bagunça ele mesmo. Ambos avaliam a situação e removem o corpo usando uma cortina levando de volta para o escritório, eles revistam o escritório e encontravam a estaca de Therese na ultima gaveta da mesa, Jacob então decide arrombar a porta para o outro cômodo mas não encontra nada que ele pensasse que pudesse ajudar, e decide usar seu sangue não só para curar Therese, talvez a tirando do Torpor, como também em laçá-la a si. Ele chega a curar a Malkavian o suficiente para parecer viva, apenas machucada, mas ela ainda não despertava do Torpor. Procurando então algo que Caleb possa usar para ameaçá-la caso ela decida acusar Kassya de invadir seu domínio e a atacar, ele se lembra de um blog de informática de uma forma de burlar o desenho do PIN do celular, ele tentava utilizar esse esquema e consegue acesso ao celular da Malkavian conseguindo ver contatos, emails e mensagens. Das várias mensagens ele descobre algumas coisas e mostrava a Jacob, primeiro as mensagens com um tal chamado de Vândalo, que a chamava de Rainha das Vadias, ele a reverenciava e dizia que o suco estava pronto para a colheita. Também encontrava emails trocados com um Nosferatu chamado Bertram Tung, ela o ameaçava furiosamente em caixa alta enquanto o Nosferatu respondia com risadas provocativas e ironias, e o mais comprometedor de todos era algo estranho, trocava mensagens com um numero desconhecido a quem ela se referia como "Prometheus", nessas mensagens, Prometheus dava à ela a oportunidade de se juntar a uma nova seita, ou talvez ordem, chamada Sociedade da Luz, mas para isso ela precisava fazer algo pra ele, precisava pegar um amuleto que estava escondido no Forest House Hotel, um hotel abandonado local que tinha fama de ser mal assombrado, Therese respondia de volta que havia contratado uma mercenária para cuidar desse serviço. Logo Jacob se lembra quando as Hárpias haviam falado para ele que Kassya estava começando os negócios como mercenária e começava a juntar pontos obscuros.

Procurando por mais, o Toreador e o Brujah voltam ao outro cômodo, o que devia ser talvez o quarto de Jeanette, Jacob procura algo mais que possam usar para chantagear Therese e encontra uma parede falsa escondida atras da TV, quando os dois abrem essa parede falsa encontram uma grande pintura que ia do chão ao teto, uma reprodução em Realismo de Therese do lado esquerdo e Jeannette do lado direito, dividindo o mesmo corpo, sendo a mesma pessoa, utilizando um manto branco como se fosse uma Mártir, ou uma espécie de Santa cristã. Assim, os dois Membros desvendam um fato bizarro, Therese e Jeanette são a mesma pessoa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masqueradeonline.forumeiros.com
Storyteller
Admin
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 09/07/2018

MensagemAssunto: Re: Primeira Temporada - A Sociedade da Luz   Dom Set 23, 2018 2:09 pm

EPISÓDIO 3
RACHADURAS DO ABISMO


A noite continuava ao término da reunião da Primigênie. Virgilio logo é levado pela primogênita Malkavian Lara Miller que estava tomada por um estranho comportamento, algo típico para um Malkavian, mas mesmo assim aquilo sempre era algo a ter cautela. Ela guia Virgilio para fora do Elísio para o elevador onde se deparam com a recém nomeada Primogênita Kassya Yakovich. Um estranho clima de tensão se instaura dentro daquele elevador, ao qual Lara rompe o silêncio dizendo à primogênita que logo o devolveria para pudessem cumprir sua tarefa incumbida pela primigênie.

O elevador chega ao térreo e Kassya imediatamente lembrava-se que ainda tinha coisas a tratar no Elísio, ela retorna ao andar de outrora e logo esbarrava com o primogênito Ventrue Leon Balthazar e o primogênito Nosferatu Calebros, que diz à primogênita que depois precisariam discutir alguns assuntos. No momento, aquilo foi tudo e Kassya decidia que precisava falar com Persephone, porém, antes que ela pudesse encontrá-la, um número não rastreável ligava para ela, ela atende e se surpreende quando ouve a voz do famoso Anarquista Nines Rodriguez. Sabendo do perigo que poderia estar caso alguém escutasse aquela conversa, Kassya retorna ao elevador e ao térreo. Nines dizia que era hora de pagar sua divida de não-vida, ele então alertava Kassya que Black River já era uma causa perdida, pois os Garotos Perdidos, uma facção dentro dos Anarquistas estava indo para a cidade e se Kassya fosse esperta, ela iria, assim com o restante dos Anarquistas, sair da cidade. Se recusando a sair da cidade, Nines ficou de enviar à Assamita um endereço de um refúgio que ele assegurava ser seguro para a Assamita e eles encerram com Nines desejando à Kassya boa sorte, pois ela iria precisar.

Enquanto isso, Jake e Joseph se falavam por telefone, Jake pedia ajuda ao Gangrel esquizofrênico e o mesmo sabendo que devia ser o salvador de seu amigo Pecador, lhe assiste indo até o Asylum. Jake atualiza a Joseph tudo o que ocorrera e o que estavam fazendo até que Caleb recebera uma ligação de ultima hora deixando Jake sozinho para resolver aquele problema que havia lhe metido. Joseph então ajuda o Toreador a limpar a bagunça, Jake limpava o corpo estacado e em torpor de Therese Voerman enquanto o Gangrel limpava todo o sangue e carne nas paredes e chão do corredor do segundo andar.

Virgilio, que já esteve no estacionamento com Lara, demonstrando à ela seus poderes necromanticos que ela fazia questão que ele mostrasse, logo vê a oportunidade de laçar a intensa Malkavian que concorda mas com um laço de sangue mútuo. Os dois então iniciam um pacto de sangue, seriam mestre e aprendiz, amantes e donos um do outro, tudo em nome do conhecimento profano e oculto que a família Giovanni tanto esconde de seus semelhantes.

Lara então leva Virgilio para lhe mostrar algo que ela fazia questão que o mafioso e necromante tivesse conhecimento. Ela levava o Giovani até o White Angel Park e o guiava até a ponte do Rio Negro, onde ela mostrava ao Necromante o rio congelado, mas com rachaduras de gelo na água escura que lembravam muito uma parede trincada e rachada. Lara dizia que aquela era uma fenda para a escuridão e ela conseguia ver as trevas querendo escapar de lá, porém, Virgilio nada via embora mentisse para Lara que via, a Malkavian porém demonstrava não ser tola e ajudou Virgilio a ver mais do que seus olhos viam. Virgilio é tomado por uma epifania e um momento de forte esquizofrenia em que vira apenas coisas abstratas envolvendo seu próprio conceito de vida, seus sentidos foram tomados por um mar de loucura e situações sem sentido e quando ele se deu conta estava dentro da escuridão e ela era como estar submerso no mar, até que ele vira uma saída, uma fenda pela qual escapar da escuridão, uma luz no fim do túnel, e quando emergiu, estava no Rio Negro, Lara o via de cima da ponte. De alguma maneira que Virgilio desconhece, ele fora parar dentro do rio com rachaduras de gelo e Lara o alertou para não abrir mais as rachaduras e viesse por um caminho livre. Virgilio teve de fazer o caminho para não quebrar a fina camada de gelo do rio, e então ele partira com Lara para a casa da anciã Malkavian.

Kassya logo retornava para casa, já tendo em mente as terríveis coisas em que a noite a metera. Ela vai até seu quarto e percebe a presença de um intruso, ela imediatamente tenta rendê-lo com surpresa mas o invasor rapidamente reverte a situação com uma faca arremessada desarmando a Assamita. O intruso se apresentava como Kaoro Ryune, um Assamita de Alamut, seguidor da Trilha do Sangue e de Ur Shulgi, porém, ele não viera à Kassya como inimigo, viera para pagar uma divida de não vida com o criador da Assamita, Joseph Sayar. Ele viera para completar o treinamento mágico e marcial de Kassya. Apesar da trilha do Sangue ser o caminho seguido, Kaoro estava disposto a quebrar o mandamento dessa trilha pois acima de uma Assamita era um japonês, e sua honra devia ser mantida.

Kassya concorda em ter Kaoro como seu mestre, porém ela precisava preparar coisas antes. Ela então deixa Kaoro sozinho em seus aposentos e vai até Camielle e Jennifer e as instrui dos problemas que estavam acontecendo e que tomariam prevensões estranhas a partir de agora.

Jake terminava de lavar o corpo ensanguentado de Therese e logo em seguida a protege enrolando-a em cortinas soltas, bota no porta malas de seu carro e parte para seu refúgio combinando com Joseph que ainda estava a limpar a cena do crime, que mais tarde se encontrariam.

A essa altura, Virgílio já se encontrava com a primogênita Malkavian em sua mansão. Ele comentava com Para que a mansão era bela, e Lara abre-se dizendo que pertencerá a seu falecido marido a muitos anos atras. Virgílio compreende que tocara em um ponto de Lara e resolve deixá-la sozinha indo para um banho a fim de retirar as impurezas do rio do White Angel Park. Quando ele retorna encontra Lara em lágrimas de sangue revelando um lado sentimental e vulnerável ao Giovanni que apiedando-se da ancia, atende o pedido dela de deixá-la/sozinha. Virgílio volta para a sala de estar mas resolver permanecer alô até Lara recobrar seu emocional, porém algo estranho acontece. Virgílio escuta gritos de Lara vindo do quarto dela. Ouvia móveis se partindo, sentia parte da casa tremer levemente como se estivesse sendo sacudida de dentro. Preocupado, ele segue para o corredor do quarto de Lara e de lá ele escuta a Malkavian gritar palavras desconexa tentando expulsar alguém enquanto do lado de dentro algo destrutivo acontecia. Temendo por Para estar sendo atacada por um espírito, e imagina ando esse ser o motivo de ela ansiar pela necromancia, além da possibilidade de reaver seu falecido marido, Virgílio entra no quarto mas se depara com uma Lara descontrolada em olhos em brasa e presas expostas, quebrando as coisas a esmo. Percebendo que havia uma nova presa ano recinto, a ancia Malkavian que havia por algum motivo entrado em frenesi persegue Virgílio por toda a mansão. Virgílio fora incrivelmente rápido, e conseguirá voltar a entrada rapidamente porém, não fora rápido o suficiente para abrir a porta principal e sair em uma velocidade continua, ou quase isso e foi pego por Lara que por pouco não o matará, pois a morte-final de Virgílio pela Malkavian em frenesi fora impedido por uma mulher deformada, controlando um poderoso espectro tirando Lara de cima do Giovanni, porém, a mulher nao estava lá para salva-lo, mas sim para garantir que ninguém mataria Virgílio além dela mesma. Ela então promete a Virgílio que iria caca-lo até os confins do mundo para dar a ele uma morte-final agonizante, Virgílio foge deixando Lara em frenesi para trás temendo por sua própria não vida, e assim ele segue para o Elísio a fim de pedir por ajuda.


Última edição por Storyteller em Qua Set 26, 2018 10:31 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masqueradeonline.forumeiros.com
Storyteller
Admin
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 09/07/2018

MensagemAssunto: Re: Primeira Temporada - A Sociedade da Luz   Ter Set 25, 2018 8:37 pm

EPISÓDIO 4
SEMENTES DA TRAIÇÃO


Virgilio dirigia como nunca dirigiu em sua não vida até chegar ao Elísio. Imediatamente ele pede acesso dentro da Torre Malakia até o gabinete do Príncipe Barthes. Ele chegava e a tensão em sua face era vista por todos os Membros do Elísio. Imediatamente A Zeladora Tremere Helena Van Gard guia o Giovanni, aonde deixa que ele converse a sós com o Regente da Camarilla de Black River. Virgilio tenta explicar ao Malkavino o que vira a pouco. Intrigado, Barthes, ao ouvir os relatos do Giovanni dizia "Josiah ataca novamente". Aquelas palavras de nada fizeram sentido para o mafioso que logo recebeu ordens do Príncipe de acompanhá-lo.

Todos puderam ver o Príncipe Barthes e o embaixador Giovanni saírem juntos às pressas para algum lugar, mas no final das contas, todos só puderam especular os motivos intrigantes da saída desta dupla. Virgilio, apesar de saber exatamente que caminho tomar, foi instruído por Barthes a pegar outros caminhos que atrasaram a chegada deles ao casarão da Primogênita Malkavian, mas o Giovanni o fez sem questionar. Eles chegaram e Barthes averiguou partes por partes todo o ocorrido relatado por Virgilio sobre o acontecido com Lara utilizando dos poderes que o sangue vampírico o proporcionava. Ao final, Barthes confirma a Virgilio que agora os seus relatos faziam sentido e que ele teria de tomar providências. À caminho de volta ao Elísio, o Príncipe pedia a confiança de Virgilio para que pudesse o ajudar com isto visto que ele era o único consultor Necromântico da corte. Virgilio declarou a Barthes que podia confiar nele e assim Barthes deu a Vírgilio um contato para que o Giovanni entrasse em contato para pedir ajuda a este contato em nome do próprio Príncipe. Virgilio é deixado na Zona Central de Black River, e utilizando de um telefone público ele liga para o contato de Barthes e marca com ele um encontro em um endereço afastado e secreto da cidade.

Enquanto isso, Kassya terminava de instruir Camille e Jennifer sobre as noites vindouras e logo retorna a seu quarto para terminar a conversa com Kaoro sobre o inicio do seu treinamento. Kassya explica a Kaoro que não poderia dedicar-se 100% ao treinamento ainda, pois tinha assuntos a tratar. Kassya e Kaoro combinam 7 noites para que ela pudesse acertar os assuntos e iniciar várias sessões árduas de treinamento interrupto. A Assamita então resolve ligar para sua irmã de clã mais nova, Elizabeth Salander para ter algumas informações, ao qual Lizzy surpreende Kassya dizendo que precisava vê-la urgente no Lucky E. Star Motel. Kassya prontamente segue para o Motel e encontra o quarto que Lizzy havia alugado para conversarem em particular. Lizzy revela a Kassya uma descoberta que a deixa raivosa. Ludimilla havia se perdido para a besta e se juntando ao Sabá. Como provas, Lizzy mostra a Kassya fotos do refúgio de Ludimilla que havia massacrado humanas em seu refúgio e depois via uma foto de um Membro do Sabá que Kassya reconheceu como uma das vampiras que havia sequestrado Persephone a tempos atrás. Lizzy também revela a Kassya qye Ludimilla havia a contratado para um serviço de espionagem, ela dera uma lista à Lizzy para que descobrisse endereços, formas de contato, nomes completos e depois as rotinas de cada pessoa da lista. Kassya lera a lista e viu o nome de pessoas importantes nela, políticos importantes e celebridades de Black River. Lizzy revela que não chegou a passar a rotina dessas pessoas para Ludimilla mas ela já tinha as formas de contato e os endereços e seja lá o que Ludimilla procurava com essas pessoas, era algo grande, a ponto de afetar a estrutura de toda a cidade. Kassya também atualizara Lizzy do que havia acontecido na reunião da primigênie e sente a confiança de sua irmã de clã menor crescer na nova primogênita. Lizzy também revela que o Nosferatu ancião Conde Balthazar já havia chegado na cidade e tinha uma informação que poderia vir a ser útil para a Assamita sobre a linhagem do Príncipe Malkavian e que passaria o contato da primogênita para ele. Agora furiosa, Kassya imediatamente segue para o refúgio de Persephone a fim de revelar à primogênita Toreador que há um traidor perigoso em suas fileiras.

Não muito distante dali, Jake seguia com o seu carro e Thereze/Jeannete estacada em seu porta-malas, ele chegava na Lux e a encontrava vazia, assim como havia pedido a sua carniçal que no momento do pedido esteve fazendo sexo ao telefone. Annie estava no bar quando ele chegou e deixou Therese/Jeannette em sua cama estacada. Annie logo subira e vira o corpo da vampira, e logo, Jake tratou de dar à sua lacaia uma porção do que lhe era devido, seu sangue. Ansiosa, Annie aceitara o presente, e como quase sempre ocorria, o sangue entorpecia a mente e os sentidos da Carniçal deixando-a em uma espécie de semi-transe. Ele sabia que era temporário e logo passaria e quando passou conversaram um pouco. Annie dizia que sentia-se mal por trair sua namorada Jennifer, mas não mal o suficiente para parar de enganá-la, pois apesar de gostar de Jennifer, ainda queria poder farrear. Jake aconselhava sua carniçal a fazer o mais correto, mas Annie se recusa preferindo fazer o que bem entendia. Visando remover os pesadelos que sua carniçal tinha de uma vez por todas, ele promete à ela aprender os dons mentais da Dominação de alguma forma para remover o trauma da garota de uma vez. Eles estreitam mais seus laços entre Senhor e Vassalo, e Jake então resolve gastar o restante de sua noite aprendendo mais sobre informática visto que isso o ajudou a conseguir mais informações sobre Therese para que pudesse chantageá-la novamente.

Já Virgilio se encontrava com o contato de Barthes, era em um lugar fora da cidade, nos ermos. Ele seguiu de táxi até onde o taxista dizia que a estrada não seguia mais e dali, Virgilio passou a sentir uma estranha sensação de que precisava ir a algum lugar, apesar de nem ele mesmo saber exatamente onde, ele apenas seguia caminho sem pensar duas vezes para onde estava seguindo, ele apenas dava um passo de cada vez chegando cada vez mais perto do lugar que ele sabia onde tinha que estar, e quando chegava em uma ponte de um trilho desativado, ele encontrava o contato de Barthes que explicava a Virgilio que era irmão do Príncipe de Black River, e que conhecia profundamente Lara que também lhe era querida, e também explica à Virgilio um pouco da mente perturbada de Lara, que ela criara um marido que nunca existiu para justificar muitos atos, e que quando isso a atormentava a ponto de dar-lhe crises de agressividade, era um fenômeno chamado por ele e Barthes de "Josiah ataca novamente". O Contato de Barthes revelava que não podia ajudar a salvar Lara diretamente mas poderia dar muita assistência e certa proteção à Virgilio indiretamente da Espada de Caim, e assim o Giovanni associava que Barthes e aquele contato eram a mesma pessoa, de um lado Camarilla, de outro, um membro do Sabá. O "contato" de Barthes então reafirmava que para tê-los apresentado Barthes certamente confiava muito em Virgilio e que agora os três seriam aliados em seus objetivos, mas por agora precisavam salvar Lara. O Contato de Barthes se chamava Cristolph Griffith, e ele confirmava à Virgilio que era um Precursor do Ódio que o perseguia e que infelizmente o ressentimento que essa Precursora do Ódio tinha para com o Giovanni viria a atrapalhar os planos do Sabá futuramente, Christolph então revela à Virgilio que a maneira mais eficiente conhecida por ele para vencer aquela Precursora era tomando dela a arma mais poderosa que ela tinha, um Especto que ela adquirira recentemente. Ele dizia que havia enviado à Barthes uma emissária dele para que pegasse algumas informações importantes e que essa emissária agora estava morta, mas ela ainda devia ter em seus próprios materiais necromânticos coisas que devem ajudar Virgilio a contra-atacar a Precursora chamada Elizabeth Batthory. Essa emissária estava sob os olhos do primogênito Brujah anteriormente mas agora que estava morta era improvável que Virgilio teria problemas com isso. Christolph então prometeu a Virgílio que entraria em contato com ele novamente para passar mais informações e um modo mais discreto para manterem contato com mais frequência, principalmente onde ele poderia encontrar o refúgio da emissária morta e coletar seu material. O Membro do Sabá também prometeu à Virgilio que tentaria atrasar os esquemas de Elizabeth para conseguir-lhe tempo e alguma proteção, mas isso não ocorreria por muito tempo. Virgilio assim, concorda com tudo, e segue de volta à cidade, ligando para Jacob e imediatamente marcando com ele de encontrarem-se na noite seguinte para inclui-lo nesse esquema gigantesco entre Camarilla e Sabá por trás das cortinas.

Kassya chegava a mansão de Persephone  sem perder tempo contava à ela sobre Ludimilla. Tensa, Persephone logo convoca uma reunião com o clã Toreador para o primeiro horário da próxima noite e apesar de Kassya ter aconselhado Persephone a reunir-se com o clã Nosferatu para trabalharem juntos Persephone demonstrou ter pouco interesse em envolver o clã dos Ratos, pelo menos por enquanto, querendo decidir primeiramente com a casa da rosa, o que fariam. Persephone então pede a Kassya para levar as evidências que ela havia conseguido para a reunião do clã ao qual Kassya concorda contanto que as tivesse de volta novamente. Kassya então permanece na mansão de Persephone onde passaria as horas do dia, e assim é findada mais uma noite em Black River.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://masqueradeonline.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Primeira Temporada - A Sociedade da Luz   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Primeira Temporada - A Sociedade da Luz
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Diálogo em uma história narrada em primeira pessoa
» Primeira letra maiúscula [VB6]
» A 4ª temporada de Game of Thrones tem estréia confirmada!
» [SyFy] A Guerra dos Tronos - 1ª Temporada
» Primeira Coorte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiro: A Máscara - RPG Online :: Sociedade Vampirica :: Cronologia e Sinopse-
Ir para: